Forças de Segurança fazem operação conjunta no Complexo do Salgueiro, no Rio

Forças de Segurança fazem operação conjunta no Complexo do Salgueiro, no Rio

A Cia 3 da Ilha de Paquetá fez um cerco para prender os foragidos. Os outros três suspeitos ainda não foram localizados.

Durante a realização de uma operação das forças de segurança no Complexo do Salgueiro e na comunidade do Anaia, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (7). Não há interferência nas operações dos aeroportos. A Força Nacional de Segurança Pública também participa da operação, assim como as polícias Civil e Militar, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal.

As primeiras prisões foram realizadas na Comunidade Anaia, onde o suspeito Jhonyel Gonçalves Dias e um menor foram flagrados com drogas. Também foi cumprido mandado de prisão contra David Maia Nolasco, acusado de dois latrocínios, o roubo seguido de morte.

Segundo a Seseg, as Forças Armadas fazem as responsáveis pelo cerco nas comunidades e estão distribuídas por pontos estratégicos. Os dois tinham mandados de prisão em aberto.

Até 12h, cinco homens foram presos e um menor apreendido.

A polícia recuperou seis carros e duas motos. Uma retroescavadeira ajuda na desobstrução das vias de acesso ao Complexo do Salgueiro. Policiais rodoviários federais foram para o local e houve troca de tiros. Os polícias foram socorridos por um helicóptero e não apresentam ferimentos graves.

O Disque-Denúncia deu apoio à operação, com a distribuição de panfletos com fotos dos principais traficantes que atuam na região do Complexo do Salgueiro, pedindo à população informações sobre possíveis esconderijos.

Artigos relacionados