Fernando Miguel pede jogo da vida do Vitória contra o Vasco

Fernando Miguel pede jogo da vida do Vitória contra o Vasco

Não foi dessa vez.

Com gol no "apagar da luzes" marcado por André Lima, o Vitória arrancou um importante empate em 1 a 1 no Maracanã jogando contra o Vasco, seguindo em situação delicada na competição. Isso depois de um jogo apático, sem muitas chances e criação. Luis Fabiano reaparece e é opção para o decorrer da partida. Porém, compreensivelmente pelo longo período fora, pouco fez. Do Mundial, eu vi que o Vasco fazia o gol e levava o empate. Mais calmo que o companheiro veterano, o atacante disse que o Vasco sair à frente e levar o gol depois não é um fato novo. Nenê mandou a bola na área após cobrança de falta, Breno, oportunista, se antecipou a Kanu e estufou as redes do goleiro Fernando Miguel. Fizemos uma partida ruim em todos os aspectos, o Vitória nos pressionou.

GOLS - Breno, aos 9 minutos do primeiro tempo; André Lima, aos 46 minutos do segundo tempo. Em todas, o goleiro Martin Silva teve participação. O Vasco conseguiu se segurar até o intervalo com a vantagem no placar. Simultaneamente, os cerca de 15 mil cruz-maltinos no Maracanã davam sinais de irritação com a maneira de jogar da equipe de Zé Ricardo. Gritos de protesto foram ouvidos. O Vitória dominava o confronto, mas sem levar perigo.

O time de Vagner Mancini ficou perdido após o duro golpe e cedeu espaços ao adversário.

Empate em 1 a 1 acabou sendo justo.

Na próxima quarta-feira o time do técnico Zé Ricardo visita o Santos na Vila Belmiro (SP). Torcida cruz-maltina não gostou, mas o torneio não acabou.

VASCO - Martín Silva; Madson, Breno, Anderson Martins (Paulão) e Henrique (Paulinho); Jean, Wellington, Yago Pikachu, Mateus Vital e Nenê; Luís Fabiano (Andrés Ríos).

Artigos relacionados