Esposa de Ellen DeGeneres acusa ator Steven Seagal de assédio

Esposa de Ellen DeGeneres acusa ator Steven Seagal de assédio

A atriz Portia de Rossi utilizou sua conta no Twitter para revelar ter sido assediada pelo ator Steven Seagal durante um teste para trabalhar em um filme do astro de filmes de ação. As alegações, que foram compartilhadas pela atriz de "Arrested Development" no Twitter, seguem reivindicações semelhantes de má conduta feitas contra ele por outras mulheres. "Ele me disse que era importante ter química fora das telas, enquanto me fazia sentar e abria sua calça de couro", relatou.

"A minha audição final para um filme do Steven Segal aconteceu no escritório dele". Eu corri e chamei minha agente. Sem aturdir, ela respondeu: "'Bem, eu não sabia se ele era seu tipo'", acrescentou.

A famosa apresentadora de televisão elogiou a atitude da mulher, referindo o quão orgulhosa estava dela.

Também Lisa Guerrero, jornalista de 53 anos, também contou à Hollywood Reporter que foi assediada por Seagal em 1997.

No início desta semana também Julianna Margulies, protagonista e produtora executiva da série The Good Wife, acusou Seagel de assédio sexual. Ao chegar no quarto onde supostamente estaria uma diretora de elenco, ela se deparou com Seagal sozinho. Van Barnes, uma actriz e produtora transgénero que apareceu em I Am Cait, o reality show de Caitlyn Jenner, escreveu num post privado de Facebook que Jeffrey Tambor, de quem tinha sido assistente, tinha agido de forma imprópria com ela. Saí de lá indemne. "Não sei como consegui sair daquele quarto de hotel", lembrou recentemente. O mesmo teria acontecido com Rae Dawn Chong. Ela ainda afirma que, durante vários anos após o incidente, o homem deixaria "mensagens sexuais" em sua secretária eletrônica.

Artigos relacionados