Cruzeiro acerta com agente de Hudson e tenta acordo como São Paulo para manter o volante em 2018

Cruzeiro acerta com agente de Hudson e tenta acordo como São Paulo para manter o volante em 2018

No entanto, a permanência do meio-campista na Toca da Raposa II depende ainda de um acordo com o São Paulo, detentor dos direitos econômicos. Com o Hudson já está tudo encaminhado.

"Fizemos uma reunião proveitosa com o Luciano Couto". O novo vice-presidente de futebol da Raposa, Itair Machado, confirmou ao site Superesportes que se reuniu com Luciano Couto, empresário do jogador, e acertou as bases salariais do novo contrato.

Itair Machado deve viajar a São Paulo na próxima semana para dar sequência às conversas com o Tricolor.

No final de outubro, o volante sofreu uma lesão grau 4 no músculo adutor da coxa direita e, por conta da gravidade da contusão, ele só voltará aos gramados em 2018. Agora, o Cruzeiro tenta convencer o clube a liberar o parcelamento desse mesmo valor, em quatro vezes.

Além disso, comprariam no futuro metade dos direitos dos investidores, mais 25% do total, pelo mesmo valor."Tentaremos viabilizar para não perdermos mais uma peça no elenco". Na semana que vem, vamos sentar e conversar com o diretor do São Paulo - explicou Itair. Não envolve troca de atleta.

O São Paulo já adiantou que não aceita envolver jogadores na transação. "Vamos buscar recursos no ano que vem, vamos pedir prazo para pagar", disse o dirigente. Entretanto, o desejo da diretoria celeste em manter Hudson vem de sua atuação essencial para a conquista do penta da Copa do Brasil. Ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, no Mineirão, pelo jogo de volta das semifinais, e ainda converteu sua cobrança no triunfo nos pênaltis sobre o Flamengo (5 a 3, no Mineirão), na grande decisão. Nesta temporada, o volante marcou três vezes em 39 jogos disputados.

Artigos relacionados