Cinzas do vulcão em Bali atingiram três quilómetros de altitude

Cinzas do vulcão em Bali atingiram três quilómetros de altitude

"São observados cada vez mais raios de fogo durante a noite, o que é um indicador de que uma grande erupção está para acontecer, com grandes fluxos piroclásticos", avisou o Conselho de Desastres Naturais do Bali, em comunicado. "O potencial para uma grande erupção é iminente", acrescentou o mesmo organismo, referindo-se ao avistamento de magma no pico do Agung durante a madrugada de ontem.

Mais de 100 mil pessoas que vivem num raio de 10 quilómetros em redor do vulcão receberam ordem de evacuação imediata. "Há pessoas que ainda não saíram porque o seu gado ainda não foi retirado".

O aeroporto do Bali vai ficar encerrado pelo segundo dia consecutivo, depois de mais de 700 voos cancelados e 60 mil passageiros afetados na segunda-feira. Mas este encerramento poderá ser prolongado, avisaram as autoridades. "Estamos em Bali há três dias e íamos partir hoje, mas acabámos de descobrir que o nosso voo foi cancelado". Segundo as autoridades, a ilha ainda é segura e os demais aeroportos funcionam normalmente.

As localidades próximas ao vulcão estão cobertas por cinza procedente do monte Agung e as autoridades distribuíram milhares de máscaras de proteção entre a população.

Vulcão Agung entrou em atividade e lança fumaça em Bali na Indonésia

O aeroporto da ilha de Lombok, outro destino turístico, ao leste de Bali, também foi fechado no domingo à tarde em consequência das cinzas arrastadas pelo vento.

Esta é a primeira vez que o Agung se encontra ativo desde 1963, quando uma erupção matou mais de mil pessoas e destruiu diversas vilas com o lançamento de material piroclástico, poeira quente, lava e lahar (uma espécie de avalanche de material vulcânico). A zona nordeste de Bali é relativamente pouco desenvolvida quando comparada com o centro turístico no sul de Kuta-Seminyak-Nusa Dua.

A última grande erupção do vulcão Agung ocorreu em 1963 e prolongou-se por quase um ano, causando mais de 1.100 mortos.

Artigos relacionados