Charlie Sheen é acusado de abuso sexual contra Corey Haim

Charlie Sheen é acusado de abuso sexual contra Corey Haim

Após atores e produtores de Hollywood serem acusados de abusos sexuais, agora é a vez de Charlie Sheen.

O ator Charlie Sheen está a ser acusado de ter abusado sexualmente de Corey Haim, segundo o National Enquirer.

O caso aconteceu durante as filmagens do filme "Lucas", em 1986, na altura, em que o ator Corey Haim, que já morreu, tinha apenas 13 anos, segundo avança o DailyMail.

A publicação adianta ainda que outro amigo próximo do ator, Corey Feldman, falou sobre este caso no seu livro, 'Coreyography: A Memoir'. "Corey disse que eles fizeram sexo anal e depois disso Sheen ficou frio", afirmou.

Haim era um ícone dos anos 1980, tendo estrelado filmes como Sem Licença Para Dirigir, Os Garotos Perdidos, O Limite do Terror e De Médico e Louco Todo Mundo Tem um Pouco. "Corey ficou tão confuso com o incidente e acreditou, como várias outras vítimas, que estava apaixonado por seu abusador", contou outra fonte.

O ator Dominic Brascia disse ao site do Enquirer que Haim lhe confidenciou o nome de Sheen como um dos poderosos da indústria que haviam abusado sexualmente dele durante a infância. Segundo investigação do jornal, outros menores teriam sofrido assédio sexual de Charlie Sheen. Infelizmente, Corey Haim nunca foi capaz de superar esses tempos sombrios, morrendo de uma overdose em 2010 depois de lutar contra abuso de substâncias durante toda a sua vida. No caso, oito pessoas contaram à reportagem que foram abusadas pelo ator.

Artigos relacionados