Caminhoneiro é flagrado com R$ 12 milhões em espécie

Caminhoneiro é flagrado com R$ 12 milhões em espécie

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem com cerca de R$12 milhões em espécie, na cidade de Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, por volta das 21h desta quinta-feira (2). A estimativa é de que os maços reúnam R$ 8 milhões em notas de reais e R$ 1,2 milhão em cédulas de dólar. Esta é, possivelmente, segundo informações iniciais da PRF, a maior apreensão de dinheiro feita pela corporação. O montante equivale a um total aproximado de R$ 11,9 milhões. O dinheiro estava escondido entre caixas de alface e alho. O dinheiro, que ainda será contabilizado oficialmente, estava dentro de um caminhão, que transitava pela BR-116, na Rodovia Régis Bittencourt. De acordo com o motorista, morador de Curitiba, ele saiu da capital paulista rumo a Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

A PRF disse ainda que a descoberta veio de uma abordagem de rotina e não de denúncias.

Versão do caminhoneiro O caminhoneiro revelou aos agentes da PRF que não sabia da existência do dinheiro no veículo de carga.

O veículo foi parado na Unidade Operacional Taquari, em função da fiscalização na Operação Finados. As cédulas foram encaminhadas para delegacia da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Artigos relacionados