Atentado na Síria faz dezenas de mortos

Atentado na Síria faz dezenas de mortos

Um atentado com viatura armadilhada perpetrado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) fez hoje dezenas de mortos entre os deslocados na província de Deir Ezzor, no leste da Síria, indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Há pelo menos 75 mortos, entre os quais crianças, e 140 feridos", precisou à AFP Rami Abdel Rahmane, diretor do OSDH.

O atentado de sábado teve como alvo uma concentração de deslocados em uma zona desértica controlada pelas Forças Democráticas Sírias (FDS), aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos.

As vítimas deste atentado tentavam fugir da calamidade na província de Deir Ezzor, importante região petroleira da Síria.

Os combates prosseguem no restante da província fronteiriça com o Iraque, onde o EI está encurralado no vale do Eufrates. No meio de toda a violência, vários civis tentam fugir.

"Eles encontram-se perdidos, nomeadamente nas zonas desérticas, onde as comunicações são inexistentes", sublinhara Abdel Rahman, horas antes.

De acordo com a ONG Save the Children, pelo menos 350 mil pessoas arriscaram suas vidas, nas últimas semanas, para fugir da situação caótica que acontece em Deir Ezzor.

Artigos relacionados