Ainda pensando no título, Palmeiras joga contra o Vitória

Ainda pensando no título, Palmeiras joga contra o Vitória

O jogo da 33ª rodada marca o duelo de um time que tenta manter-se ao menos no quarto lugar para ir à fase de grupos da Libertadores (o Verdão), contra outro que precisa sair da zona de rebaixamento (o Leão) e melhorar o retrospecto em casa, já que os baianos são os piores mandantes da competição. No entanto, o jejum não impede que o presidente rubro-negro Agenor Gordilho mostre otimismo em relação ao jogo desta quarta-feira, contra o Palmeiras, no Barradão. Caso Juninho não jogue, Caíque terá a chance entre os titulares. "Vamos atropelar o Palmeiras dentro de casa".

O camisa 29 é o terceiro desfalque do Palmeiras para o comando do ataque. Essa é minha esperança, minha fé.

Certo mesmo é que Valentim não poderá contar com três de seus principais atacantes.

Já o Palmeiras tem quatro desfalques confirmados: o zagueiro Mina e o atacante Borja foram convocados para a seleção da Colômbia; Deyverson foi expulso contra o Corinthians e Willian não se recuperou de uma lesão muscular.

"Para falar a verdade, não pensamos muito na escalação, o Alberto deve ter quebrado a cabeça para pensar no que vai fazer". Destaque do time sub-20, o jovem treinou nesta terça-feira na Academia de Futebol e pode pintar entre os 18 jogadores escolhidos para o jogo.

As outras opções para o setor são Erik, Róger Guedes, Alejandro Guerra, Raphael Veiga e Hyoran, mas nenhum deles atua na função de centroavante e, por isso, o treinador deverá ser obrigado a mudar a maneira como a sua equipe vem atuando para o jogo no Barradão. "A gente vem pensando jogo a jogo, ninguém se poupa, ninguém deixa de se doar, de dar uma entrada mais forte se precisar para não ser suspenso. Caso aconteça, temos um elenco com grandes jogadores e, independentemente se alguém ficar suspenso, quem entrar vai dar conta do recado", aposta Tchê Tchê.

Artigos relacionados