No STF, Flamengo pede divisão do título de 1987 com o Sport

No STF, Flamengo pede divisão do título de 1987 com o Sport

O Flamengo apresentou um recurso contra a decisão da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que confirmou o Sport como único campeão brasileiro daquele ano. O principal argumento utilizado pelo clube carioca é que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) unificou os títulos das competições nacionais que foram realizadas antes de 1971.

Chamado de "embargos de declaração", o recurso apresentado pelo clube pede para tirar dúvidas sobre a decisão.

Se engana quem passa que os imbróglios envolvendo o título do Campeonato Brasileiro de 1987 havia chegado ao fim.

A última decisão sobre o caso ocorreu em 18 de abril deste ano, com a Primeira Turma do STF. Assim, o Leão segue como único campeão nacional daquele ano. O caso estava parado desde agosto de 2016, quando o ministro Luís Roberto Barroso pediu vistas ao processo e suspendeu o julgamento. Relator, o ministro Marco Aurélio, que é flamenguista, votou contra seu time. Na retomada, nesta terça, ele votou a favor dos cariocas.

Os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber também deram posição contrária.

Artigos relacionados