Neymar é multado em R$ 3,8 milhões por "má-fe processual"

Neymar é multado em R$ 3,8 milhões por

Porém, de acordo com a decisão, nos pedidos dos advogados, "evidencia-se que as alegações veiculadas nos embargos declaratórios, cotejadas face ao acervo probatório documental dos autos e ao teor do acórdão prolatado, revelam-se manifestamente desconectadas de seu conteúdo", o que foi chamado de "má-fé processual".

A Justiça considera que há risco de Neymar e seus pais venderam o patrimônio e não pagarem os tributos, por isso os bens imóveis da família em Santos, Guarajá, São Vicente, Praia Grande, São Paulo e Itapema (SC), um avião e um iate estão bloqueados para não serem negociados. Muta afirma ainda que Neymar tentou "Embaçar a continuidade do processamento". Em caso iniciado em 2015, o jogador teve, em valores já corrigidos, cerca de R$192 milhões bloqueados pela Justiça, por conta de processo no qual Neymar e suas empresas são suspeitos de sonegação de impostos. A assessoria de imprensa do atleta foi procurada, mas optou por não se pronunciar.

A acusação do Fisco é de que Neymar não quitou os seus tributos como pessoa física e teria usado empresas da família para pagar menos imposto. O motivo, são multas e impostos cobrados pela Receita Federal. Ainda de acordo com o Estadão, o jogador criou as empresas somente para receber salário em forma de direitos de imagens, e desta forma, pagar menos impostos. A decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região que aplicou a multa ao craque ainda disse que o jogador pode ser considerado como alguém que agiu de má fé, tentando lesar os cofres brasileiros ao não fazer o recolhimento correto dos valores referentes ao imposto de renda que o craque deveria repassar para o governo.

No início do ano, atacante conseguiu duas vitórias no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) - o que pode reduzir substancialmente o valor original da autuação.

No contrato celebrado, em agosto, com o Paris Saint-Germain está previsto o pagamento de salários sem direitos de imagem. Neymar recebe 30 milhões de euros pela cotação atual.

Artigos relacionados