Primeiro Android puro da Xiaomi, Mi A1 é revelado

Primeiro Android puro da Xiaomi, Mi A1 é revelado

A Xiaomi lançou ontem dia (5) um novo aparelho intermediário exclusivo para o mercado Indiano, o modelo é o Mi A1.

Este dispositivo de 5,5 polegadas também apresenta um ecrã LCD com 1920x1080px de resolução, 4GB de RAM, 64GB de espaço de armazenamento interno, duas câmaras traseiras com sensores de 12MP e flash LED, um sensor de impressões digitais, uma bateria de 3080 mAh e ligação USB-C. O aparelho roda o Android One, a versão do sistema dedicadas a aparelhos mais acessíveis, e é fruto de uma parceria entre Google e Xiaomi - o seu slogan é "criado pela Xiaomi, concebido pela Google".

Por conta disso, o A1 também receberá as atualizações do Android assim que elas forem liberadas pela gigante de Mountain View, além de ter o upgrade para o novo Android Oreo previsto para o fim de 2017 - e a garantia de ser um dos primeiros aparelhos a receberem o Android P. E agora foi a vez do Xiaomi Mi A1 passar pela plataforma de benchmark, Geekbench. Além de não incluir a interface de utilizador MIUI da Xiaomi, o smartphone Mi A1 utiliza o Android 7.1.2 Nougat e um SoC Snapdragon 625 da Qualcomm.

A fabricante chinesa Xiaomi revelou seu primeiro smartphone com Android puro, o Xiaomi Mi A1, em um evento na manhã desta terça-feira (05), na Índia.

O aparelho está disponível em três cores preto, rosa dourado e dourado, o aparelho tem um preço inicial a partir de 14,999 rupias indianas ( aproximadamente R$ 735 reais em conversão direta).

Artigos relacionados