Pedro Sousa prolongou o seu verão de sonho — Taça Davis

Pedro Sousa prolongou o seu verão de sonho — Taça Davis

O tenista alemão Cedrik-Marcel Stebe afirmou hoje que o triunfo sobre o português João Sousa vai retirar pressão aos compatriotas para aumentar a vantagem conseguida no "play-off" de acesso ao Grupo da Taça Davis.

João Sousa perdeu com o tenista germânico, embora tenha começado por ganhar o primeiro "set" por 6-4.

Pedro Sousa prosseguiu a sua caminhada triunfal, com dois 'breaks' nos dois primeiros jogos de serviço do mais cotado dos germânicos, que, no entanto, conseguiu anular uma das desvantagens no imediato.

Com Sousa a falhar o ponto 'certo', cabe agora a Pedro Sousa, o segundo tenista nacional e 107.º mundial, conseguir contrariar o favoritismo do número um alemão, Jan-Lennard Struff, no segundo encontro de singulares da primeira jornada do embate entre Portugal e a Alemanha, que decorre até domingo, no 'Centralito', o mais emblemático dos 'courts' de terra batida do complexo de ténis do Jamor (Oeiras).

No Jamor, o número um português e 57º do mundo deixou-se surprerender pelo 90º do ranking ao fim de quatro sets, em 2h36m, perdendo por 4-6, 6-3, 6-3 e 6-0.

Depois de quebrar o serviço do português, Struff segurou o seu serviço e obrigou o lisboeta a igualar a seis, para levar a decisão a 'tie-break'.

Artigos relacionados