Pais tentam resgatar filho de cratera de vulcão e o pior acontece

Pais tentam resgatar filho de cratera de vulcão e o pior acontece

Uma criança de 11 anos e os pais morreram esta terça-feira num vulcão muito popular entre turistas, perto de Nápoles, Itália.

De acordo com o site R7, uma criança teria ultrapassado uma zona interditada e para tentar resgatar o filho, os pais tentaram pegá-lo, mas todos acabaram caindo na cratera. Os corpos foram recolhidos da cratera, com três metros de altura, pelos bombeiros. O jornal britânico Telegraph avança que o segundo filho do casal, de sete anos, sobreviveu ao incidente.

O que aconteceu ainda não é claro, mas o relatório inicial elaborado pelas autoridades italianas indica que o incidente se desenrolou quando um dos filhos do casal, de onze anos, se afastou da família para caminhar numa área proibida junto à cratera.

Alessio foi encaminhado para um bar localizado na entrada do parque vulcânico, e o proprietário do estabelecimento, Armando Guerriero, disse ao La Repubblica que o menino estava em estado de choque, perguntando repetidamente onde sua família estava. "Ou ocorreu uma pequena explosão ou o chão simplesmente cedeu com o peso deles", afirmou um porta-voz do corpo de bombeiros. Aberta ao público desde 1900, esta zona é conhecida por emitir vapores de água com mais de 160 graus centígrados, misturados com gases altamente tóxicos. A causa oficial da morte será determinada por uma autópsia.

O vulcão Solfatara fica na região de Campi Flegrei.

Artigos relacionados