Falso alarme na Sagrada Família

Falso alarme na Sagrada Família

Uma carrinha estacionada nas imediações chamou a atenção das forças policiais. Os Mossos d'Esquadra já confirmaram que se tratou de um falso alarme.

"Nós ativamos o serviço de Tedax para fazer análises em um furgão estacionado ao lado da Sagrada Família".

A polícia catalã evacuou não só a Sagrada Família como também os estabelecimentos comerciais próximos "para garantir o trabalho policial", razão pela qual cortaram igualmente a circulação nas ruas Provença, Roselló e Sardenya, recomendando aos cidadãos que procurem um itinerário alternativo. O Centro de Inteligência Contra Terrorismo enviou o alerta às outras autoridades, que colocaram em marcha uma operação policial. Este mesmo alerta mencionava que os ataques poderiam ser cometidos por cinco 'jihadistas', sem acrescentar mais pormenores.

Durante toda a tarde, informa o El País, a polícia controlou os veículos que chegavam às principais entradas de Barcelona, operações que provocaram filas de trânsito que atingiram aos seis quilómetros.

Em 17 e 18 de Agosto deste ano, dois ataques terroristas aconteceram na Catalunha, uma em Barcelona e outro Cambrils. Entre as vítimas mortais contam-se duas mulheres de nacionalidade portuguesa, que foram atropeladas nas Ramblas.

Artigos relacionados