Falls Creators Update ganha novas configurações de privacidade para apps

Falls Creators Update ganha novas configurações de privacidade para apps

O Windows 10 está recebendo diversas melhorias relacionadas à privacidade. A Microsoft, tendo perfeita noção disto, tem realizado vários esforços para reforçar a privacidade do seu sistema operativo e desta forma recuperar a confiança dos utilizadores.

A Falls Creators Update - nova atualização do Windows 10, com previsão de lançamento para outubro - vai trazer duas mudanças de controle de privacidade.

A partir do Fall Creators Update do Windows 10, o usuário vai receber mensagens sobre a privacidade durante a instalação de apps. Ou seja, a partir da Fall Creators Update, as aplicações que requeiram acesso à câmara, microfone, contactos e calendário terão de pedir permissão ao utilizador para poder aceder a estas ferramentas. Isso significa que essas permissões não serão exigidas para os apps que você já têm no PC - a não ser que você os desinstale e instale novamente. A primeira alteração diz respeito à própria instalação do pacote de atualização - e do sistema em si -, com uma declaração de privacidade mais clara, apresentada ao usuário de forma mais direta e que permite acesso facilitado a informações específicas. As aplicações que tenha instaladas atualmente terão acesso às permissões predefinidas sem enviar o pedido ao utilizador, no entanto poderá verificar e configurar estas permissões, a seu gosto, nas definições do dispositivo.

De modo a alterar esta realidade, a Microsoft irá dividir a sua Declaração de Privacidade por temas e apresentará um pequeno resumo da Declaração de cada tema, podendo depois o utilizador aprofundar esse mesmo tema se assim desejar. Até lá, a Microsoft vai testar os novos recursos de segurança com os usuários do Windows Insider.

Com todas as opções e garantias agora disponibilizadas, acha que ainda há razões para desconfiar do nível de privacidade do Windows 10?

Artigos relacionados