Espanha é campeã do mundo de hóquei em patins

Espanha é campeã do mundo de hóquei em patins

Hélder Nunes, que bisou, e Gonçalo Alves foram os autores dos golos de Portugal na final do Campeonato do Mundo de hóquei em patins, mas Espanha acabou por vencer no desempate por grandes penalidades (2-1), após um 3-3 no final dos 50 minutos regulamentares.

Numa final ibérica que não se via desde 1988 foi a Espanha a levar a melhor.

Equilíbrio e emoção até ao último segundo. Foram os ingredientes mais evidentes desta final.

Mas no segundo tempo, Portugal mostrou a sua raça. Aos 20 minutos, Albert Casanovas desviou para baliza uma bola batida por Raúl Marín, apesar da tentativa de defesa de Girão, e, aos 24, num lance muito semelhante, Jordi Adroher fez o 2-0 depois de um tiro de Edu Lamas. Ainda assim, a Espanha não adormeceu e voltou a adiantar-se no marcador, por intermédio de Eduard Lamas.

Três golos portistas na final do Mundial

Os espanhóis já festejam mas. a faltarem apenas 2 segundos para o final da partida, Hélder Nunes fez o quase impossível e, de livre direto, apontou o 3-3, levando o jogo para prolongamento. Depois de empatar a três golos com a formação espanhola, a formação orientada por Luís Sénica - que estagiou em Macau antes de seguir para a República Popular da China - deixou fugir um título que lhe escapa há catorze anos, ao perder na lotaria das grandes penalidades. A Espanha sucede à Argentina, que venceu o último Mundial.

Seja sempre o primeiro a saber.

Descarregue a nossa App gratuita.

Artigos relacionados