Dezenas de prédios são esvaziados após ameaças de bomba — Moscou

Dezenas de prédios são esvaziados após ameaças de bomba — Moscou

Múltiplas ameaças de bomba em Moscovo levaram hoje à retirada de milhares de pessoas de estações de comboio, centros comerciais e uma universidade, avança o The Independent. Os interlocutores diziam que haviam implantado explosivos nos edifícios, segundo a agência de notícias RIA. No local, um repórter de imagem da Reuters disse ter visto agentes das forças de segurança a inspeccionarem o edifício com recurso a cães pisteiros.

Durante esta semana, a Rússia experimentou uma onda de alertas falsos de bomba. Ainda de acordo com a agência, ao menos 20 ligações foram registradas pelos serviços de emergência.

A agência noticiosa russa indica que muitos dos telefonemas terão tido origem na Ucrânia.

As relações entre Moscou e Kiev estão em um momento particularmente tenso desde que a Rússia anexou a Crimeia em 2014.

Mais cedo, o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, negou-se a comentar sobre o aumento dos incidentes com bombas e episódios de violência em várias regiões da Rússia.

Artigos relacionados