Apartamento do ministro da Agricultura é alvo de ação da PF

Apartamento do ministro da Agricultura é alvo de ação da PF

A Polícia Federal cumpre mandado judicial em apartamento do ministro da agricultura, Blairo Maggi, em Brasília.

O pedido da ação foi feito pela Procuradoria-Geral da República com base em acordo de delação premiada do ex-governador do Mato Grosso Silval Barbosa (PMDB).

Em depoimento, Silval confirmou que o senador Cidinho Santos (PR-MT) prometeu ajuda de Blairo, do governador do Mato Grosso Pedro Taques (PSDB) e do senador Wellington Fagundes (PR-MT), caso ele não fizesse delação premiada.

"Repudio ainda a afirmação de que comandei ou organizei esquemas criminosos em Mato Grosso".

No fim de agosto, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de um inquérito para apurar as suspeitas de que uma organização criminosa tenha atuado no governo do Mato Grosso entre 2006 e 2014.

Silval Barbosa foi preso exatamente há dois anos, em 14 de setembro de 2015, acusado de recebimento de propina na distribuição de incentivos fiscais. Ele teria relatado que o ministro seria um dos membros de um grupo responsável por um esquema de corrução que ocorreria no estado do Centro-Oeste brasileiro.

Artigos relacionados