Toyota compra 5% da Mazda e acerta fábrica conjunta nos EUA

Toyota compra 5% da Mazda e acerta fábrica conjunta nos EUA

O sedã Toyota Corolla representará metade da produção e um novo modelo "crossover" da Mazda, a outra metade.

A cooperação para veículos elétricos, enquanto isso, acontece à medida que a regulamentação endurece contra as emissões globais induzindo mais montadoras a desenvolver carros movidos a bateria, com o setor automotivo lutando com os altos custos de pesquisa e a concorrência intensa de empresas de tecnologia em relação a tecnologias como automóveis autônomos.

A fábrica terá capacidade de produzir 300 mil veículos por ano, com produção dividida entre as duas montadoras e empregando cerca de 4.000 pessoas.

Toyota terá uma participação de 5,05% para um montante de 50 mil milhões de ienes, enquanto a Mazda terá uma equivalente a 0,25% da Toyota. Em mensagem publicada no Twitter em janeiro, o presidente dos EUA, Donald Trump, rejeitou o plano da Toyota de fazer o Corolla no México e afirmou que o veículo teria de ser produzido em território americano, a menos que a montadora quisesse se arriscar a pagar um "grande imposto na fronteira".

A Toyota anunciou hoje que, na fábrica de Guanajuato vai ser produzida a sua camioneta Tacoma.

Para a Mazda, a parceria com a Toyota nos EUA oferece uma bem-vinda garantia para eventuais mudanças no Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, pela sigla em inglês). A empresa fechou sua única fábrica nos EUA em 2012 e importa muitos dos veículos que vende no país de uma unidade no México.

Artigos relacionados