Morre PM de UPP baleado no rosto no Méier, na Zona Norte

Morre PM de UPP baleado no rosto no Méier, na Zona Norte

O policial militar baleado na noite desta sexta-feira na Avenida 24 de maio, no Méier, Zona Norte do Rio, não resistiu aos ferimentos. A morte mais recente foi a do cabo Elisângela Bessa Cordeiro que reagiu a tentativa de assalto n Luther King, em Coelho Neto, na zona norte da cidade e acabou sendo atingida pelo criminoso. As informações são da Agência Brasil. De acordo com a PM, Samir da Silva Oliveira, de 37 anos, estava perseguindo um veículo suspeito e foi atingido no rosto durante a abordagem. Em outro ponto, policiais da UPP Lins monitoraram e conseguiram abordar Lizien Francisco da Silva Alves, de 32 anos, e Jamerson Gonçalves de Andrade, de 30 anos, em uma motocicleta.

Ela foi o 97º policial militar morto no Estado neste ano. Com os dois, os agentes apreenderam uma réplica de metralhadora. O atirador de elite foi morto na tarde de srxta (11), durante uma operação contra o roubo de cargas, da Polícia Civil com a Força Nacional de Segurança, na favela do Jacarezinho. Segundo a Polícia Militar, o suspeito é apontado como um dos responsáveis pelos roubos de carga na quadrilha que controla a comunidade da Cachoeira Grande, no Lins.

A terceira morte foi a de um policial civil da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Para tentar prender o assassino de Buhler, o serviço Disque-Denúncia está oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem oferecer informações que levem à identificação e prisão dos envolvidos na morte do agente.

Artigos relacionados