Luís Castro classifica de "dificuldade máxima" receção ao Benfica

Luís Castro classifica de

O treinador do Benfica deixou vários elogios aos Desp.

Questionado sobre o jogo da primeira jornada, em Guimarães, de onde saiu derrotado por 3-2, Luís Castro considerou que a equipar vai dar uma resposta diferente, sublinhando, contudo, que esse encontro já é passado.

"Preparamo-nos da melhor forma e encaramos com serenidade o jogo, algo que é obrigatório ter nestes momentos de maior tensão no campeonato, mas temos consciência que é um adversário muito difícil", afirmou na antevisão à partida de segunda-feira à noite.

Na conferência de imprensa realizada no Estádio da Luz, Rui Vitória salientou a "grande organização defensiva e ofensiva" do conjunto orientado por Luís Castro. Não é só eficácia de golos, mas sim em todas as ações. Espero uma equipa de qualidade, que sabe o que faz, como muitas equipas do campeonato, que vai querer dificultar e impor a sua forma de jogar. "Temos uma grande vontade de ganhar, de continuar a dar vitória aos benfiquistas", acrescentou.

Mais à frente na conferência de imprensa, Rui Vitória voltou a falar das qualidades do Desp.

Relativamente ao bom momento de Seferovic, Rui Vitória garantiu não estar surpreendido e enalteceu a qualidade da equipa encarnada.

"Quando fomos buscar o Seferovic, foi porque entendemos que ele tinha uma série de condições para poder render". Está feliz, o clube dá-lhe condições, está ao lado de bons jogadores, tem qualidade, joga mais ao ataque do que nas equipas que jogou... "Os jogadores que nós temos, têm capacidade para formar uma boa equipa, para representar bem este clube, para ganhar jogos", sentenciou Rui Vitória.

Dupla Seferovic-Jonas: O segredo é o trabalho que é feito em termos de equipa, a capacidade que têm de apreender aquilo que lhes é pedido, a disponibilidade para ouvir. A equipa está feliz. Os jogadores que preciso são os que tenho. Estes que foi o que eu disse, que são aqueles que jogam lá à frente estão a dar conta do recado, nesse sentido não me interessa estar aqui a falar. As equipas são muito mais do que a soma de onze jogadores. "Não vou estar preocupado com o que me falta".

"Estamos numa fase muito inicial". Estes dois jogos foram já de uma exigência muito considerável, contra duas equipas que têm sido os quartos classificados do futebol português, equipas muito difíceis, o Vitória e o Braga, e nós tivemos é que nos colocar também à própria forma do processo defensivo e tivemos um desempenho positivo. "Amanhã os jogadores também serão os primeiros a saber, e portanto não vamos adiantar nada em concreto em relação a isso", disse Rui Vitória depois de ter admitido que André Almeida seria titular no lado direito da defesa e que Grimaldo e Júlio César estavam fora da convocatória devido a lesão. "Estão reunidas as condições para um bom jogo, com duas excelentes equipas", concluiu o técnico.

Artigos relacionados