Previsão do tempo tem possibilidade neve para o Sul do Brasil

Previsão do tempo tem possibilidade neve para o Sul do Brasil

A possibilidade de nevar está sendo considerada por causa de uma massa de ar de origem polar extremamente forte que avança sobre o centro-sul da América do Sul nos próximos dias. A previsão é de que na noite desta segunda para terça-feira, sejam registradas as menores temperaturas do ano para o Brasil, sendo que até o momento a cidade de Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, é a recordista, pois o município já registrou -5,7°C, no dia 26 de junho. A possibilidade de neve, ou de fenômenos como chuva congelada, é considerada para as áreas de planalto e serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Não se pode descartar também a chance de nevar em áreas mais baixas no sul do Rio Grande do Sul, em regiões próximas da fronteira com o Uruguai e também em território uruguaio.

A chance de nevar é apenas para o dia 17 de julho de 2017. O motivo é uma forte massa de ar polar que chega ao Brasil a partir desta segunda-feira.

Não está descartada a presença de neve já durante a manhã de segunda em alguns pontos, mas, em geral, as simulações retardaram o período mais favorável à neve para a tarde e noite. A partir da próxima semana uma frente fria chega ao Paraná, derrubando as temperaturas em todas as regiões do estado. É preciso ter umidade para formar as nuvens. No dia 17, o frio intenso será a bola na marca do pênalti, o Sul do Brasil o gol e o goleiro estará fora da sua posição para tentar a defesa.

Confira a previsão do tempo para Santa Catarina
Confira a previsão do tempo para Santa Catarina

Antes de chegar ao Brasil, a massa de ar frio passará pela Argentina e pelo Uruguai, podendo também ocasionar neve. Desta vez, as condições para a ocorrência do fenômeno são mais consistentes do que no dia 9 de junho, quando se observou o primeiro evento de neve na Região Sul no outono/inverno de 2017. A Climatempo alerta para o risco de ventania, com rajadas variando entre 60 e 80 km/h em todos os estados, inclusive nas capitais.

Segundo o Serviço Nacional Meteorológico da Argentina, Bariloche registrou recorde de temperatura negativa, com os termômetros chegando a -25,4ºC. A região da cidade de Buenos Aires não deve ter condições para neve.

Artigos relacionados