Pequena Sereia de Copenhague é vandalizada em defesa da causa animal

Pequena Sereia de Copenhague é vandalizada em defesa da causa animal

A "Pequena Sereia" de Copenhaga, a estátua que é o monumento mais emblemático da capital dinamarquesa, foi vandalizada na manhã desta terça-feira, por ativistas dos direitos dos animais.

O caso foi confirmado pela polícia dinamarquesa, que escreveu na rede social Twitter, "A Pequena Sereia foi alvo de vandalismo. Estamos a investigar o caso".

Uma foto publicada pelo jornal Politiken mostra que diante da estátua, com a mesma tinta, foi escrita a frase: "Dinamarca, defenda as baleias das Ilhas Faroe".

Todos os anos, cerca de 800 baleias são levadas para estas ilhas antes de serem esfaqueadas até à morte, durante a prática de uma violenta tradição conhecida como "grindadrap".

A "Pequena Sereia" foi criada pelo escultor Edvard Eriksen, em homenagem ao contador de histórias dinamarquês Hans Christian Andersen. Por duas vezes, em 1964 e em 1998, a cabeça da sereia foi roubada.

Artigos relacionados